EXRAVEN
  • (15) 3019-9131 (15) 3019-9131
  • vendas@exraven.com.br vendas@exraven.com.br

Com o aumento de acidentes relacionados a explosões em indústrias e a constante cobrança dos órgãos regulamentadores, o termo “Áreas Classificadas” vem sendo cada vez mais utilizado.

Áreas classificadas são assim chamadas por apresentarem riscos de explosões em condições normais e/ou anormais de uso. O risco pode ser representado por gases ou poeiras combustíveis.

As partículas de poeira ou o gás sempre presente no ambiente de produção forma a chamada “atmosfera explosiva”, sendo necessário separar o local em zonas de periculosidade, variando de 0 a 2 para gases e 20 a 22 para poeiras, assunto que iremos abordar em breve.

Para uma explosão ocorrer, são necessários 3 componentes:

  • A substância inflamável (gás, poeira, vapor, etc.)
  • Oxigênio
  • Fonte de ignição (uma faísca, por exemplo)


(Triângulo do Fogo classificadas)


Com o risco presente na atmosfera, é possível imaginar o estrago que um pequeno curto elétrico de uma lâmpada causaria no local, não é mesmo?

Os materiais elétricos à serem utilizados nessa área precisam possuir propriedades Ex, sendo à prova de explosão, segurança aumentada ou outra proteção dentre as descritas na norma, dependendo da zona em que será alocado o equipamento.

Neste artigo, abordaremos os principais tópicos relacionados ao assunto:

  • Quais são as normas nacionais para áreas classificadas
  • Zonas de periculosidade em atmosferas explosivas
  • Classificação da Área
  • Classes de temperatura
  • Índice de proteção
  • Tipos de Proteção
  • Indústrias mais relevantes
  • Marcação em equipamentos Ex
  • Encontrando um bom fornecedor


Quais são as normas nacionais para áreas classificadas


A NBR (sigla usada para representar a expressão Norma Técnica) define as diretrizes não apenas de áreas classificadas, mas também de todas as especificações dos equipamentos que serão usados nesta área. A norma ABNT NBR IEC 60079-0 define os requisitos gerais de instalações em atmosferas explosivas. A partir dela, diversas normas com o prefixo ABNT NRB IEC 60079 definem mais especificamente as características dos equipamentos que serão usados.

Estas normas estão em constante evolução para garantir a segurança no processo fabril, então é bom sempre ficar atento às suas atualizações pelo portal da ABNT.

As normas técnicas têm força obrigatória, mesmo não sendo especificamente uma lei. Isso ocorre porque o não cumprimento desta implica que a empresa está assumindo um risco que certamente irá gerar um resultado lesivo. O descumprimento traz consequências que vão de indenização até processo de homicídio culposo ou doloso, além de impedir o processo de exportação e ter grandes problemas com a fiscalização que não descansará enquanto não ver que seus colaboradores trabalham com devida segurança.

Temos também a Norma Regulamentadora 10 (NR10, que possui força de lei, obrigando todas as empresas à segui-la). Desde 2004, a norma possui obrigações referentes a equipamentos elétricos em áreas classificadas, como:

  • Identificar as áreas;
  • Instalar equipamentos adequados e certificados;
  • Inspecionar continuamente os sistemas eletroeletrônicos;
  • Treinar os profissionais que operam esses sistemas eletroeletrônicos. 



Zonas de periculosidade em atmosferas explosivas


Os locais com atmosferas explosivas são agrupados em zonas de periculosidade, que definem qual tipo de equipamento poderá ser utilizado. Isso significa que o tanto de proteção necessária para uma luminária que estará na área comum de um posto de gasolina será muito menor do que a presente ao lado de uma bomba de combustível, por exemplo.

Segundo a ABNT, podemos elencar da seguinte maneira:



 (Tabela de classificação de zonas em áreas classificadas)


A separação destas zonas é feita por um profissional em classificação de área. Não existe um número exato, mas os valores mais comuns a serem considerados são:

Zona 0/20: Atmosfera explosiva por mais de 1000h/ano;

Zona 1/21: Atmosfera explosiva por mais de 10h/ano, porém menos que 1000h/ano;

Zona 2/22: Atmosfera explosiva por menos de 10h/ano, porém necessita de atenção às fontes de ignição.


(Exemplo de zonas de periculosidade em áreas classificadas.)


Classificação da Área


A classificação da área determina o tamanho do risco presente no ambiente. Este risco apresentado pode ser proveniente de gases, vapores, poeiras ou fibras explosivas.

As normas API (American Petroleum Institute) e NEC (National Electrical Code) separam em tabelas as classes e substâncias inflamáveis, codificando de acordo com suas características.

Aqui no Brasil, utilizamos a norma ABNT que segue a mesma lógica, porém com códigos diferentes, veja:


 

(classes das substâncias inflamáveis)


Abaixo, a tabela completa com todos os grupos e definições em ambas as codificações:



(grupos das substâncias inflamáveis)


Materiais com proteção para grupos que possuam grau de risco alto podem ser utilizados em graus de risco mais baixos.

 

Classes de Temperatura


Quando um equipamento é exposto a temperaturas em áreas classificadas com gases e vapores inflamáveis, os equipamentos elétricos recebem marcação de acordo com sua temperatura máxima de superfície. Esta marcação serve para garantir que o equipamento fique abaixo da temperatura de autoignição, que é a temperatura mínima necessária para uma substância inflamável em forma de gás ou poeira inflamar. 


(Tabela de Classes de Temperatura)


Índice de Proteção


O índice de proteção, conhecido como IP, indica a proteção do invólucro* de um equipamento elétrico contra líquidos ou micropartículas. Os dois dígitos que acompanham a sigla “IP” demonstram com exatidão seu nível de proteção.

*Invólucro do equipamento são as paredes que envolvem os componentes do mesmo, incluindo portas, tampas, etc.



(Grau de Proteção IP)

Tipos de Proteção


A instalação de equipamentos elétricos em atmosferas explosivas é feita levando em consideração o tipo de proteção do item em si. Como vimos anteriormente, existem muitas possibilidades de atmosferas explosivas e nem sempre precisamos de uma proteção à prova de explosão para um ambiente que possua um risco iminente.

A adequação da área com estes equipamentos elétricos visa eliminar o risco de explosões e incêndios ocasionado em áreas com atmosferas explosivas.

Todo equipamento para áreas classificadas possui classificação Ex (atmosfera explosiva), para indicar com área classificada está apto para ser instalado.



(Tipos de Proteção em Equipamentos Ex)

Indústrias mais relevantes


Quando vemos a importância da adequação de áreas classificadas, fica difícil imaginar que grandes empresas ignoram este fato. Isso ocorre, muitas vezes, pela falta de conhecimento sobre o assunto, ou por achar que simplesmente por não trabalharem com gases inflamáveis que são os mais óbvios de causarem um acidente, estão isentos da responsabilidade.

Aqui na Exraven, temos um time de desenvolvimento de parceiros, o trabalho deste se resume em abordar as empresas e conversar sobre o entendimento em áreas classificadas e sua importância.

A taxa de indústrias que negam precisar de tal produto simplesmente porque “não precisam” é de 74% até o momento em que este artigo foi escrito. Tal fato não seria assustador se não levássemos em conta que apenas contatamos empresas com áreas de produção que contém gases ou poeiras inflamáveis.

Para contornar tal rejeição, fizemos uma lista das indústrias que mais costumam possuir áreas classificadas, para atentar a todos sobre o risco presente no ambiente antes que o mesmo receba uma multa por não cumprir as exigências ou aconteça algo muito pior.

Os processos de fabricação mais comuns que envolvem atmosferas explosivas, envolvem:


Gases ou Vapores Explosivos

  • Refinarias de Petróleo
  • Fábricas de Produtos Químicos
  • Cabines de Pintura
  • Estações de Tratamento de Esgotos
  • Oxigênio e Acetileno
  • Hangar Para Avião
  • Instalações de Gnl
  • Cais Para Navios de Petróleo e Gnl
  • Fabricantes de Tintas
  • Destiladoras
  • Armários de Laboratório E Fumaça


Poeiras ou Fibras Explosivas

  • Fabricação de Alimentos
  • Manuseio e Armazenamento de Grãos
  • Produtos Químicos / Fertilizantes
  • Plásticos
  • Madeira / Celulose / Papel
  • Leite em Pó
  • Moinhos de Farinha
  • Produtos Farmacêuticos
  • Processamento de Metal
  • Operações de Reciclagem
  • Fabricação de Fibra De Vidro


Marcação de Equipamentos Ex


A NBR IEC 60079 impõe que todos os equipamentos Ex para atmosferas explosivas necessitam de uma marcação contendo todas as características aplicáveis. Esta marcação é feita por uma sequência lógica passando por todos os itens que foram abordados neste artigo.

Confira no infográfico abaixo como funciona a marcação dos equipamentos Ex:



(Marcação de Equipamentos “ex”)

Download da imagem em resolução máxima


Encontrando um Bom Fornecedor


Vamos ser sinceros, o material elétrico produzido com uma blindagem específica para evitar uma explosão ou até mesmo evitar qualquer tipo de falha elétrica certamente são mais caros que materiais comuns. Atualmente temos muitos fabricantes de materiais comuns que também produzem para áreas classificadas.

Não é apenas o preço que deve ser levado em conta, mas também a autoridade daquela empresa no ramo e a sua competência em atender grandes clientes.

Quando um material “Ex” é fabricado, ele precisa passar por uma série de testes para ser certificado aqui no Brasil. Os testes são certificados pelo Inmetro para funcionamento em áreas classificadas.

A parte de comprar o material elétrico é mais simples do que a etapa de classificar a área corretamente. Um bom profissional de classificação de área irá evitar que sua empresa desperdice dinheiro comprando luminárias à prova de explosão para áreas comuns que não precisam de tal proteção, por exemplo.

Aqui elencamos algumas etapas que você deve se atentar ao procurar um fornecedor que te atenda:


Histórico da empresa

Pergunte para quais indústrias aquele vendedor já fechou parcerias, grandes empresas, pois elas possuem muitas exigências. Então caso este fornecedor já tenha trabalhado com este tipo de processo, você já consegue saber que atende aos requisitos necessários e vende produtos de qualidade.

Pense no longo prazo

Apesar da constante evolução dos produtos, muitos fornecedores ainda não se atualizaram, vendendo luminárias com lâmpadas comuns, equipamentos extremamente pesados e de difícil instalação. Pense que a manutenção em áreas classificadas tem que ser mínima e com produtos que durem muito tempo, então escolha sempre tecnologias mais avançadas para atender sua empresa pensando não apenas no dia de hoje, mas no futuro.

Certificado

Um item essencial é saber se a empresa garante o certificado. Pergunte sempre antes de fechar a venda se o certificado acompanha a nota fiscal, que é padrão em grandes fornecedores. Para ter mais confiança, reveja a lista de clientes como citado no item 1.

Procure por fabricantes

Esta dica é essencial! O preço pode diminuir muito se você encontrar fabricantes dos materiais ex. Após encontrar, confirme com o fornecedor que está contatando se o mesmo é fabricante ou apenas revenda.


Nós da Exraven somos fabricantes especializados em materiais elétricos à prova de explosão e procuramos não apenas atender à demanda do mercado, mas também fornecer conhecimento sobre o assunto, que é tão pouco abordado.

Saiba mais sobre nós acessando nosso site ou entre em contato!

https://exraven.com.br

(15) 3019-9131

vendas@exraven.com.br


Fontes:

https://competencytraining.com/hazardous-areas-training-cheat-sheet/

https://www.hse.gov.uk/comah/sragtech/techmeasareaclas.htm

http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral/instrumentacao-industrial/15%20-%20Apostila%20areas%20classificadas%20-%20instrumentista%20reparador.pdf/at_download/file


O Que São Poeiras Explosivas
Poeiras explosivas são formadas por micropartículas que apresentam risco por serem inflamáveis, condutivas ou explosivas quando em contato com alguma ...
Os perigos da Eletricidade Estática
Por definição, este fenômeno ocorre quando as cargas elétricas se acumulam em um corpo e passa para outro ao haver contato. Geralmente ela é gerada p...
3 comments
Paulo Monteiro
Paulo Monteiro
Thursday 26th August 2021

Ex na precisa certificado INMETRO ?

Letiére Santos
Letiére Santos
Wednesday 26th May 2021

Fantástico esse material, um resumo extremamente explicativo sobre o assunto, obrigado por compartilhar informação,

Agnaldo Gonçalves
Agnaldo Gonçalves
Wednesday 08th July 2020

Treinamento em áreas classificadas

Exibindo de 1 a 1 do total de 3 (1 páginas)
Leave a comment